miércoles, 27 de agosto de 2008

Don Quixote transmontano...

Esta historia es real, y contada por JN el 2/2/2002, lo de JN, será el nombre del periódico, paso a copiar la noticia:

VINHAIS ----- JN 02/02/2002 (Jose Manuel Cardoso)

DON QUIXOTE TRANSMONTANO, FOI DE CAVALO ATÉ DARQUE.

A
paixão pelos cavalos e o gosto de cavalgar levou Adelino Martins a percorrer a distância entre a aldeia de Vilarinho de Lomba, no concelho de Vinhais, e Darque, às portas de Viana do Castelo.
O meio de transporte foi o cavalo comprado en Espanha.


Ao todo são cerca de quatrocentos quilómetros, a distância que separa as duas localidades. O aventureiro partiu na passada segunda-feria da localidade de Vilarinho de Lomba, no Parque Natural de Montesinho e ontem, tinha passado por Montalegre, na direcção das serranias do Gerês.
"Vou as cegas e sem mapa, no início da próxima semana estarei em Viana do Castelo", disse ao JN, o aventureiro.


Sem telemóvel
Após ter passado pelo Gerês, Adelino Martins tenciona ir por Vila Verde, Barroselas e Darque. Na primeira parte da viagem, valeu-lhe alguns dos seus amigos que o acolheram e ao seu cavalo.
Depois de Montalegre, "será o que Deus quiser".
Não leva telemóvel, e comunica apenas no dinal de cada etapa da viagem e ao fim do dia. Para alimentar o cavalo, transporta quatro quilos de ração composta por centeio, milho e algum feno que possa encontrar nos campo
s que circundam as estradas e os caminhos.
"Isto é uma aventura fantástica", confessou ao JN. Acrescentando, "para já o cavalo está a portar-se bem. Comprei-o em Barge (Espanha, há quinze dias e tem sete anos. É uma maravilha", disse Adelino Martins.
Quanto ao cavalo, leva num pequno alforge um par de ferraduras (que vieram da Holanda) e para evitar o desgaste do animal, está a evitar circular pelo asfalto das estradas, utilizando as bermas em terra e caminhos rurais.
Sete cavalos
Aliás foi ele próprio que "ferrou" o seu cavalo para esta autêntica epopeia.

Adelino Martins tem 58 anos, é natural de Vilarinho de Lomba e encontrase na situação de pré-reforma da Polícia Marítima, terminando a sua carreira como subchefe no posto de Caminha.
Reside em Darque e o seu gosto pelos cavalos não é só de agora. "Já cheguei a ter sete cavalos", garantiu.


Mas o menos este es el camino que realizo Adelino, no se si exactamente fue por aqui o no, pero bueno aqui queda puesto...